Curso de inglês de férias: vale a pena?

Curso de inglês de férias: vale a pena?

Aprender inglês não é apenas uma vontade, para muitas pessoas. Pode ser uma necessidade, seja para passar em uma prova, ganhar um aumento de salário, ser promovido ou aproveitar uma oportunidade incrível. Mas aprender inglês também leva tempo e, muitas vezes, nosso tempo é reduzido no meio das diversas atividades do dia a dia. Por isso, surgiu o curso de inglês de férias.

A proposta é simples: você aproveita seus dias de descanso para aprender em poucas semanas o que, originalmente, aprenderia em meses. Parece prático, mas será que dá certo? É possível aprender inglês nesse ambiente?

Continue sua leitura para saber mais sobre o curso de inglês de férias e descubra se ele vale a pena para você!

Curso de inglês de férias: como funciona?

Curso de inglês de férias: como funciona?

Quando pensamos em um curso de inglês de férias, podemos imaginar imediatamente um intercâmbio, em que aprendemos o idioma em outro país. Mas não é desse tipo de curso que estamos tratando aqui. Nesse caso, o curso de inglês de férias pode ser feito perto da sua casa, em um curso de inglês que você já conhece.

Os cursos intensivos têm como proposta ser um curso de curto prazo, mas como as mesmas vantagens de um curso longo: o conteúdo de um semestre inteiro é visto no espaço de algumas semanas – geralmente, um mês.

Confira abaixo algumas características dos cursos intensivos:

Regularidade

Em vez de ter aulas apenas uma ou duas vezes por semana, o curso de inglês de férias oferece várias aulas por semana, para conseguir cobrir tudo o que é, normalmente, ensinado em  um semestre letivo.

Horas diferenciadas

Do mesmo modo, o curso intensivo pode durar mais do que a típica  hora/aula comum de um curso mais extenso. Alguns cursos oferecem manhãs  ou tardes inteiras de aula.

Ritmo

O curso intensivo não é para quem quer se divertir e brincar – apesar de muitas aulas serem bem divertidas. O foco em aprender inglês é total, e o ritmo é acelerado. A busca pelo conhecimento é mais  intensa do que em um curso que dura um semestre inteiro.

A ideia de um curso de inglês de férias é que, quando essas semanas acabarem, você já esteja falando e compreendendo a língua com mais fluência, já que teve horas intensas de exposição. É claro que a fluência em si depende de outros fatores, mas o curso tem a intenção de criar uma boa base de conhecimento e ajudá-lo a falar inglês com mais facilidade.

Os cursos intensivos podem ser oferecidos para qualquer nível. Ou seja, quem não sabe nada de inglês pode aprender muito, mas até mesmo quem já está em um nível mais avançado pode se beneficiar e  desenvolver ainda mais suas habilidades.

Como todo tipo de curso, no entanto, os cursos de férias têm seu público-alvo. Como saber se você está nele?

Quando o curso intensivo é indicado?

Quando o curso intensivo é indicado?

Quando queremos fazer um curso de inglês, podemos ter várias motivações. Afinal, sabemos como esse idioma abre portas no mundo acadêmico, no mercado de trabalho e até mesmo em situações de lazer. Além disso, aprender uma segunda língua melhora nossa concentração, nossa memória e nossa capacidade lógica e cognitiva no geral.

Porém, sempre existe a opção de fazer o curso  regular com a extensão maior, dividido em semestres. Pensando nisso, porque alguém escolheria um curso de inglês de férias, utilizando seus dias de descanso para estudar?

Na verdade, o curso intensivo pode ser mais indicado em diversos casos. Por exemplo:

Quando se precisa de um empurrãozinho

Muitas pessoas desejam ou precisam aprender inglês, mas estão sempre postergando esse momento. Seja porque parece difícil, porque parece trabalhoso ou porque parece muito distante, elas sempre deixam o curso de inglês para o próximo ano.

Um curso intensivo pode ser o empurrãozinho que falta para você começar a aprender inglês. São poucas semanas, você pode começar do zero e se sentir mais empolgado para continuar depois!

Quando seu trabalho exige

Quem está em busca de uma promoção, de um novo emprego ou de uma oportunidade imperdível, muitas vezes, se depara com a necessidade de saber inglês. Se esse for o seu caso, talvez não seja possível esperar um ou dois semestres para realmente dominar o idioma. Até lá, a oportunidade pode ter se perdido. O curso intensivo pode dar conta desse recado.

Quando há uma viagem próxima

Vai viajar durante o ano para um destino em que se fala inglês? Ou para um país onde não se fala inglês, mas onde você vai fazer um curso internacional – e, portanto, precisar de inglês para se comunicar com professores e colegas? Um curso de inglês de férias é uma maneira rápida e eficiente de se preparar para isso.

Quando você precisa se preparar para uma prova

Para um vestibular, exame da pós-graduação ou prova de proficiência, (como o IELTS), o curso de inglês de férias é uma excelente maneira de se preparar  de forma intensiva e focada para alcançar o sucesso.

Quando você quer desenferrujar

Estudou inglês há alguns anos e não se lembra de muitas coisas? Aprendeu inglês em uma viagem e perdeu a prática com o tempo? Fazer um curso intensivo é uma forma de relembrar o que você aprendeu e voltar a utilizar o inglês no dia a dia.

Quando você precisa se aprimorar

Muitas pessoas têm um inglês básico, mas não conseguem desenvolvê-lo. Ou sabem inglês na teoria, mas não conseguem utilizá-lo na prática. Um intensivo é uma ótima maneira de criar uma rotina mais focada de contato com o idioma, em um espaço de tempo menor.

Essas são algumas situações em que um curso de inglês de férias pode ser ideal para você. Mesmo com pouco tempo, o curso intensivo pode oferecer diversas vantagens. Continue lendo para saber mais!

3 vantagens do curso de inglês de férias

3 vantagens do curso de inglês de férias

É fácil olhar para o curso de inglês de férias e ver dificuldades. É pouco tempo, é muito conteúdo para estudar, é utilizar todo o tempo das suas férias – quando você poderia estar descansando. Isso não quer dizer, no entanto, que esse tipo de curso não tenha vantagens.

Na verdade, muitas das características mencionadas acima são vantagens.

Veja abaixo algumas vantagens de fazer um intensivo de férias para aprender inglês:

1. Sem perda de tempo

A carga horário intensa e a quantidade de matérias evitam que você e sua turma passem muito tempo no mesmo conteúdo. Em um intensivo, não existem aulas que são apenas para preencher a carga horária. Tudo tem um propósito claro.

As lições são muito mais objetivas, orientadas para a prática e para o treino, tornando as aulas mais significativas e fazendo com que os alunos fiquem mais focados.

2. Maior contato com o idioma

Um dos grandes desafios de quem está aprendendo inglês é se imergir no idioma. Quanto maior o contato, mais rápido você aprende. E, apesar de saber disso, nem todos os estudantes conseguem incluir mais inglês no dia a dia.

Fazendo um curso de inglês de férias, com aulas mais frequentes, essa imersão acontece de maneira natural. Você terá tanta exposição à língua que ela começará a ser naturalmente parte do seu dia e da sua mente.

Além disso, a maioria dos cursos intensivos também envolvem muitas atividades extraclasse e comunicação fora de sala de aula. O grande objetivo é que você se veja falando ou usando inglês em diversas situações.

3. Mais segurança ao falar

Aprender a se comunicar inglês, seja pela escrita ou pela fala, é um trabalho que pode se tornar uma tarefa mais complicada se você não perder os receios. Em um ambiente totalmente dominado pelo inglês por várias horas por dia, você começa a falar e pensar Inglês sem mesmo perceber.

E isso melhora muito a autoconfiança do aluno. Afinal, muitas vezes, dar o primeiro passo já significa caminhar metade da estrada. Você só precisa começar!

Fazer um curso intensivo vale a pena?

Fazer um curso intensivo vale a pena?

Depois de fazer essa análise das vantagens de um curso de inglês de férias, é preciso definir: vale a pena fazer um intensivo? Como podemos ver, existem muitos benefícios. Mas tudo depende de cada caso. Um curso que pode ser bom para você pode também ser um desperdício para outra pessoa.

Mas como definir se vale a pena, então? Reunimos abaixo algumas perguntas que você pode fazer para tirar essa dúvida.

Você se encaixa no perfil?

Nas sessões acima, listamos vários cenários em que um curso intensivo poderia ser a melhor escolha. Eles não são, claro, as únicas possibilidades. Mas você pode saber se você se encaixa nesse perfil respondendo algumas questões:

  • Você tem alguma urgência para aprender inglês, como viagem ou trabalho?
  • Você precisa de motivação para começar a estudar ou se aperfeiçoar?

Sabendo essas duas respostas, você pode definir se um curso de inglês de férias seria necessário no seu caso.

Você vai ter tempo para estudar?

A princípio, você pode dizer que sim. Afinal, férias são férias. Mas nem sempre férias significam descanso e tempo livre. Você planeja viajar no Ano-Novo e voltar só depois do Carnaval? Ou as crianças entram de férias na mesma época e você vai ter alguns pequenos para entreter durante o dia? Ou você fica de plantão no trabalho durante as férias para ajudar no que for preciso?

Existem muitos cenários em que você tem menos tempo do que imagina. Analise a situação com   cautela e descubra quantas horas você realmente vai ter no dia, e se quer ocupá-las com um curso de inglês.

Você está disposto?

Por falar em querer, esse é outro fator importante ao se decidir por fazer ou não um intensivo. Afinal, fazer um curso nas suas férias pode significar acordar cedo, ou sacrificar suas tardes ou noites, em dias em que você poderia estar descansando. Além disso, significa mais algumas horas estudando e fazendo o dever de casa.

O curso, em si, também não vai ser fácil. O ritmo é acelerado e você vai ter que se envolver e participar para realmente aprender inglês. Por isso, não vá para as aulas apenas com meia motivação. Se você não estiver determinado a aprender inglês, pode se desanimar já na primeira semana e se arrepender de ter começado um curso de inglês de férias.

Pensando em todas essas questões, você se decidiu por fazer o intensivo? Então, vamos passar para a próxima fase: escolher um curso.

Como escolher um curso de inglês de férias?

Como escolher um curso de inglês de férias?

Agora que você sabe que quer fazer um curso de inglês de férias, é hora de procurar o melhor curso para você. Para saber se um intensivo é realmente de qualidade e vai ajudá-lo a aprender inglês, é preciso buscar muitas informações. Veja abaixo algumas delas:

Horários

Como dissemos, os cursos intensivos são oferecidos com uma frequência semanal maior do que o normal, em horários variados. Por isso, pergunte nas escolas quantas horas terão cada aula.

Se a escola oferecer mais de um período, melhor: você pode escolher aquele em que se sente mais produtivo. Afinal, não vale a pena ir a uma aula de manhã cedo se tudo o que você quer é estar dormindo enquanto o professor fala.

Método

A escola utiliza o mesmo método nos cursos intensivos e extensivos? Você pode pedir para dar uma olhada no livro. Pergunte também sobre dever de casa, avaliações, aulas extraclasse, materiais de leitura, enfim, tudo do que os professores precisam para dar continuidade ao aprendizado.

Um método muito baseado em decorar  regras pode ser bom para algumas pessoas, enquanto outras podem preferir algo mais baseado em conversação. Sempre depende dos seus interesses, objetivos e afinidades.

Professores

Quem são os profissionais contratados para dar aulas nessa escola? Qual é a formação deles? E qual é a experiência? Muitas pessoas acham que um professor que já viveu no exterior é o ideal, mas nem sempre isso é verdade. Dar aulas bem-feitas e bem pensadas para o desenvolvimento do aluno exige conhecimento do idioma e de didática. Procure por essas características!

Encerramento

Essa é uma particularidade que alguns cursos de inglês colocam apenas em seus intensivos: se a turma não tiver um determinado número de alunos, as aulas não acontecem. Evite surpresas desagradáveis perguntando de antemão sobre isso, antes mesmo de se inscrever.

Ambiente

Você provavelmente não tinha pensado nisso. Mas, se vai se inscrever em um curso intensivo, significa que vai passar horas do seu dia naquelas salas de aula. Se o ambiente não for limpo e confortável, você vai passar a aula toda pensando em ir para a rua curtir férias mais relaxantes. Preste atenção no ambiente do curso.

Cursos de inglês de férias da Cultura Inglesa

Cursos de inglês de férias da Cultura Inglesa

A Cultura Inglesa é uma  escola de inglês que oferece dois intensivos de férias para quem quer turbinar seu conhecimento: summer e winter course, os cursos de verão e de inverno. Eles são feitos na medida certa para se encaixarem nas suas férias e darem o empurrão de que você precisa para aprimorar o inglês.

As aulas têm um objetivo muito comunicativo, procurando sempre utilizar temas do cotidiano dos alunos, interesses culturais e inspirações do mundo do entretenimento. Com a aula sendo dada completamente em inglês, o aluno se insere no idioma e aprende mais rápido, colocando o que ele aprendeu em prática em todas as aulas.

Ficou interessado no curso de inglês de férias da Cultura Inglesa? Entre em contato para saber mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *