IELTS: o que é e para que serve?

IELTS: o que é e para que serve?

Fazer um teste de proficiência é uma forma de saber seu nível de inglês,  é muito mais do que isso. Com os resultados desse teste, você pode ter oportunidades de trabalho no exterior, ou pode entrar em uma boa universidade estrangeira. Ou seja, um teste como o IELTS pode ser um passaporte para uma carreira melhor e, quem sabe, para uma vida permanente no exterior.

Mas, falando em IELTS: o que é? Como funciona essa prova? Como você pode se inscrever e fazer esse exame?

No texto de hoje, tiramos todas as dúvidas  sobre o IELTS. Você vai aprender tudo o que precisa para fazer a prova. E, ainda por cima, também o que precisa para se preparar e tirar uma boa nota na avaliação.

Continue sua leitura para saber mais!

IELTS: o que é?

IELTS: o que é?

IELTS é a sigla para International English Language Test System, . Ele é um exame internacional e oficial de proficiência em inglês, organizado pelo British Council,  por Cambridge English Language Assessment e pelo IDP Australia.

Ele é solicitado por diversas instituições ao redor do mundo como uma prova de nível de inglês, sendo inclusive exigido de alunos estrangeiros em universidades do Reino Unido, Austrália, Canadá, Irlanda, África do Sul, Nova Zelândia e mesmo nos Estados Unidos. Órgão Orgãos governamentais e empresas também estão o utilizando cada vez mais como forma de saber a proficiência de seus colaboradores.

Apesar de existirem outros testes de proficiência, o IELTS é cada vez mais uma preferência por suas formas de avaliação, rigor na aplicação  e resultado preciso.

Agora, vamos falar sobre o modelo do teste para quem quer começar a se preparar!

Como funciona a prova do IELTS?

Como funciona a prova do IELTS?

O IELTS é feito em dois módulos, que você deve escolher quando se inscrever para a prova. A escolha depende de seus objetivos.

O módulo acadêmico é exigido para entrar em cursos de graduação ou pós-graduação no exterior, sendo reconhecido por   Universidades no mundo todo. Já o módulo geral costuma ser pedido como requisito para a obtenção de visto em países como Austrália, Nova Zelândia e Canadá, além de ser uma exigência para fazer estágio profissional em diversos lugares do mundo.

Antes de fazer a prova, é importante saber que, mesmo que seja feito por entidades como  Cambridge e o British Council, o IELTS não é um exame de proficiência em inglês britânico. Na verdade, durante as diferentes sessões da prova, você pode ouvir o sotaque americano, australiano ou canadense, do mesmo modo que pode ouvir o inglês britânico.

Qualquer que seja o módulo escolhido, a prova em uma duração de 2 horas e 45 minutos. Elas são divididas entre as sessões, com  45 minutos para a sessão de compreensão oral, 60 minutos para a leitura, mais 60 para escrever os textos e de 11 a 14 minutos para o módulo de conversação. A conversação, porém, pode não ser realizada no mesmo dia que as outras três sessões, dependendo da disponibilidade dos avaliadores onde você vai fazer a prova.

Sessões do IELTS

Como dissemos acima, o IELTS se divide em quatro sessões para avaliar diferentes tipos de competências: compreensão (listening), leitura (reading), escrita (writing) e conversação (speaking). Saiba mais sobre cada uma delas:

Compreensão

A sessão de compreensão do IELTS é dividida em quatro partes, somando um total de 40 questões. Você ouvirá quatro conversas ou monólogos e, ao final da gravação, terá que responder perguntas sobre o que ouviu. É importante ressaltar que as gravações não serão repetidas. É preciso prestar muita atenção!

Leitura

A sessão de leitura também tem 40 questões ao todo. Dependendo da prova, ela é baseada em três, quatro ou cinco textos. No IELTS acadêmico os textos são extraídos de livros, revistas e jornais acadêmicos; enquanto no IELTS geral os textos são retirados de fontes jornalísticas comuns, sendo, normalmente, mais curtos. As perguntas são feitas com base nesses textos.

Escrita

A sessão de escrita apresenta uma boa diferença, dependendo do módulo de IELTS que você estiver fazendo. No acadêmico, você terá que escrever um texto baseado nas informações de gráficos, diagramas ou tabelas que serão apresentados. Depois, terá que escrever um artigo. Já no módulo geral, você começa escrevendo uma carta, em que terá que explicar uma situação ou solicitar uma informação; depois, também terá que escrever um artigo.

Qualquer que seja o módulo escolhido, você terá 60 minutos para escrever ambos os textos, à mão.

Conversação

Na última sessão, a de conversação, o teste é dividido em três partes. Na primeira, você fala sobre os assuntos de que gosta. Na segunda, tem que responder sobre assuntos específicos. Já na terceira, precisa discursar sobre um assunto abordado anteriormente. Diferente das outras sessões, o exame de conversação do IELTS é feito com a presença de um examinador, que será seu interlocutor nessa conversa.

Como são dados os resultados?

Como são dados os resultados?

Os resultados do IELTS não são como os de exames comuns: não existe uma média de aprovação. Ou seja, não se pode ser reprovado no IELTS. O resultado mostrará seu nível de proficiência em uma escala de 0 a 9, onde 0 é a nota mais baixa e 9 é a mais alta, e seu resultado pode ficar em qualquer número entre eles.

Para saber qual é sua proficiência de acordo com a Referência de Estruturas de Línguas Europeias Comum, é preciso ver uma tabela de referência:

  • Se sua nota no IELTS ficou entre 1 e 3,5, você está nos níveis A1 ou A2, que são os mais básicos;
  • Se sua nota foi 4 ou 5, seu nível é B1;
  • Se sua nota ficou entre 5,5 e 6,5, seu nível é B2, o intermediário avançado;
  • Se sua nota ficou entre 7 e 8,5, você tem um conhecimento avançado e fica no nível C1;
  • Se sua nota no IELTS foi 9, você tem nível de fluência total, e seu nível é o C2.

Os resultados não mostram apenas uma nota geral, mas também uma nota para cada sessão, seguindo critérios como qualidade, coerência, consistência e extensão do vocabulário e nível gramatical.

Depois de fazer a prova, você recebe uma cópia dos resultados dentro de 13 dias. Os resultados são geralmente válidos por dois anos, mas você pode repetir o exame a qualquer momento.

Por que fazer o IELTS?

Por que fazer o IELTS?

Entendo o que é o IELTS, em quais situações você deve fazê-lo e por quê? Em primeiro lugar, é importante saber que existem muitos outros exames de proficiência, como o TOEFL (Test of English as a Foreign Language, ou Teste de Inglês como Língua Estrangeira). O exame que você vai fazer depende dos seus objetivos.

O IELTS é aceito como prova de proficiência em mais de 810  mil instituições de 135 países do mundo todo, inclusive em mais de 3 mil universidades nos Estados Unidos. Muitas instituições, no entanto, também aceitam o TOEFL. 

Se você já tiver feito algum outro teste da Cambridge, como o FCE, o CPE ou o CAE, o IELTS pode ser mais fácil. O mesmo vale se você tiver um forte background acadêmico nos seus estudos de inglês. Porém, quem aprendeu inglês de maneira mais informal e não sabe tanta gramática pode preferir outros exames para comprovar sua proficiência.

Por isso, se você estiver tentando entrar em uma universidade ou empresa no exterior, descubra com antecedência o que eles procuram e quais são as exigências de proficiências para poder se preparar.

Como fazer o IELTS?

Para se registrar para fazer o IELTS, é preciso escolher uma data. O módulo acadêmico costuma estar disponível em 48 datas diferentes enquanto o geral está disponível em 24 datas. São datas fixas, quatro vezes por mês, normalmente às quintas e sábados.

A inscrição pode ser feita online, dependendo da política do centro em que você vai se inscrever. Com mais de 900 centros pelo mundo, você com certeza por encontrar um mais próximo. A prova também é realizada nesses locais.

Para fazer o registro, é preciso enviar uma cópia da sua identidade e preencher um formulário, além de disponibilizar duas fotos em tamanho passaporte. Os dois módulos, acadêmico e geral, costumam ter o mesmo preço, pago por boleto. Esse valor varia de acordo com o ano e o local. Acesse o site oficial para saber mais.

Como se preparar para o IELTS?

Como se preparar para o IELTS?

Preparar-se para um exame de proficiência é diferente de estudar inglês para aprender o idioma. Isso porque, quando faz um exame, você também precisa aprender a trabalhar com o método utilizado. Por isso, essas são algumas dicas para se preparar para o IELTS:

1. Aprenda sobre a prova

No próprio site do IELTS, é possível encontrar modelos completos das provas. Além disso, nas redes sociais do IELTS, são postadas curiosidades, jogos e informações sobre o exame. Quanto mais você estiver acostumado com o modelo da prova e melhor entender os tipos de perguntas que vão surgir, melhor.

2. Utilize um cronômetro

Como foi dito, o IELTS tem um tempo específico para cada tipo de prova. Por isso, ao fazer os exercícios e simulados, utilize um cronômetro para saber exatamente quanto tempo tem. Faça o mesmo ao treinar sua escrita, já que escrever dois textos em 60 minutos pode ser difícil para quem não está acostumado a esse ritmo.

3. Utilize um gravador

Praticar sua conversação para a prova é uma tarefa difícil, e a forma mais simples de cumpri-la é gravando o que você fala para escutar depois. Durante a escuta, descubra quais são seus deslizes de pronúncia mais comum e defina como melhorar seu vocabulário.

4. Converse com sua escola

Muitos cursos de inglês oferecem aulas preparatórios para o IELTS. Caso você já faça um curso, peça informações sobre os preparatórios, ou mesmo peça ajuda ao seu professor. Se você ainda não faz um curso, procurar por um pode ajudá-lo muito na prova.

5. Estude muita gramática

Como o IELTS avalia todas as suas competências no idioma, aprender gramática é essencial. Procure entender as regras, praticar com exercícios e realmente tirar suas dúvidas.

6. Aprenda vocabulários específicos

Se você vai fazer o módulo acadêmico, saber palavras específicas para falar de gráficos e tabelas pode fazer muita diferença na prova escrita. Leia bastante textos sobre o assunto e tire suas dúvidas em um dicionário.

Leia mais

7. Leia mais

Livros, jornais, revistas e sites são seus melhores amigos nessa avaliação. Quanto mais você ler, melhor vai entender novas palavras, estruturas gramaticais, expressões fixas, etc. Além disso, a leitura também vai facilitar sua escrita.

8. Treine o listening

A prova de compreensão exige não apenas conhecimento do inglês, mas também muita atenção. Não ouça apenas músicas: comece a ouvir rádio, escutar palestras, audiobooks e mesmo a assinar podcasts, que você precisa realmente se concentrar para ouvir.7

9. Dê respostas completas na conversação

A sessão de conversação é feita para que o avaliador saiba como você fala em inglês. Por isso, respostas de uma palavra só não são o suficiente. Estenda a conversa, dê exemplos e explicações, mostre o que sabe. Se o examinador perguntas se você gosta de cinema, conte quais são seus filmes favoritos, de quais atores gosta, o que viu por último, em vez de responder apenas “sim”.

10. Aprenda a utilizar conectores

Conectores são palavras que ligam duas palavras ou frases. Saber como utilizá-los quer dizer que você entende como se constrói a relação entre ideias em inglês. Alguns exemplos: but, however, and, not only, neither, finally, etc. Eles serão importantes tanto para a prova de conversação quanto para a escrita.

11. Refaça o teste

É importante lembrar que você sempre pode refazer o teste. Mas, mais do que isso: é aconselhável que você o refaça. Quanto mais você estuda, mais seu nível de inglês aumenta e melhor será sua pontuação. Além disso, na segunda vez, você já estará mais acostumado com o modelo de prova.

12. Aprofunde-se

A última dica é lembrar que essa não é uma simples prova de escola em que meias palavras contam. O IELTS é para quem realmente quer provar o que sabe. Sendo assim, procure não se reter sempre às mesmas estruturas ou às mesmas palavras. Aprofunde seu conhecimento, compreenda com a língua funciona e se acostume a diferentes registros, do mais informal ao mais formal.

O IELTS é um teste de proficiência. Isso quer dizer que ele não apenas vai avaliar se você sabe inglês, mas sim se você sabe um inglês mais sério, utilizado em ambientes de trabalho ou em universidades. Se você sabe apenas o suficiente para viver alguns dias em um país de língua inglesa, ou mesmo conversar com estrangeiros nativos desses países, pode não ser o suficiente.

Por isso, dedique seus estudos a todas as competências. Estude gramática, mas também conversação, compreensão e escrita. Planeje-se para chegar ao dia da prova sabendo mais sobre registros formais e podendo escrever e conversar sobre tópicos que vão de música à política.

Tem interesse em fazer um teste de proficiência e aumentar suas oportunidades? A Cultura Inglesa pode ajudá-lo a se preparar para o IELTS. Entre em contato e saiba mais!

NOVIDADE!!!

O IELTS agora também é disponibilizado na versão computador, veja abaixo algumas vantagens;

MAIS ÁGIL E SEGURO

MAIS OPÇÕES DE DATAS

CONTADOR DE PALAVRAS

NÃO HÁ NECESSIDADE DE TRANSCREVER AS RESPOSTAS

FONE DE OUVIDO PARA O LISTENING

A PROVA ORAL É FEITA DE FORMA PRESENCIAL FRENTE A FRENTE COM O EXAMINADOR

RESULTADOS EM ATÉ 07 DIAS

O processo de inscrição é o mesmo e é só clicar no link no site da Cultura Inglesa ou do British Council.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *